Revista Cultural nomerevista@portugalmail.pt

domingo, maio 15, 2005

Crises de Paternidade

Ao lançar o primeiro número da NOMErevista, surgiram alguns equívocos relacionados com o "legado" e origens das publicações culturais.

Posto isto, e assentada a poeira (2 anos depois) importa esclarecer:

1. A NOMErevista não inventou coisa nenhuma.
2. A NOMErevista não foi pioneira no que toca a publicações culturais.
3. A NOMErevista não copiou nenhuma publicação em particular.
4. O conceito que a NOMErevista adopta como "publicação cultural" é quase tão antigo como a própria escrita.
5. Publicações culturais como a NOMErevista, há por aí aos pontapés (umas melhores e outras piores).
6. A grande diferença entre a NOMErevista e outras publicações, é que esta existe e há outras que já não.